06 novembro 2006

Livro marca rede de pesquisa em telejornalismo

Myrian Plá

Entre os livros lançados hoje, está Telejornalismo: A nova praça pública, organizado por Alfredo Eurico Vizeu Pereira Junior, Célia Ladeira Mota e Flávio Porcello, publicado pela Editora Insular. A obra trata da importância que o telejornalismo adquiriu, representando a nova praça pública nos moldes das antigas praças da Grécia, como define Porcello:

- O que o telejornalismo transmite é ponto de referência para quem assiste, pautando conversas e idéias sobre a realidade que cerca o telespectador.

Congregando textos de oito pesquisadores, a obra foi realizada no período de um ano e materializa a criação de uma rede internacional de pesquisas acadêmicas na área do telejornalismo. A idéia surgiu durante o último SBPJor, ocorrido em novembro do ano passado em Florianópolis. A partir de uma mesa coordenada sobre o mesmo tema, os participantes concluíram que o assunto não se esgotava ali e perceberam que havia a necessidade de mais pesquisas para preencher o vazio teórico na área do telejornalismo.


_____________________________________foto: Leandro de Oliveira
Alfredo Vizeu, Flávio Porcello, João Carlos Correia,
Beatriz Becker e Sylvia Moretzsohn

Além de pesquisadores de várias regiões do Brasil, integra a rede o jornalista João Carlos Correia, professor da Universidade Beira Interior, de Portugal. Tendo como base o estudo que realiza sobre o telejornalismo local no interior de Portugal, João Carlos participou do último Encontro da SBPJor .

- Ainda existe muito a ser visto, o estudo do telejornalismo é para uma vida - concluiu.